quinta-feira, 9 de junho de 2016

EDINHO BITTENCOURT: SHOOTO, JOÃO ROQUE, DEDÉ E MUITO MAIS.
























Edmar Bittencourt Filho,




você com certeza já viu esse cara na tela da sua tv em alguma das edições do Shooto realizadas em Brasília. Mas para a galera da luta, Edinho ou Edinho Bittencourt vai soar de forma melhor para identificar esse guerreiro.
Eu bati um papo com Edinho para que todos possam conhecer mais daquele que contribui de forma significativa para o crescimento e desenvolvimento das artes marciais numa cidade que tem uma enorme tradição nas lutas, Brasília, confira abaixo:



Comecei querendo saber do Edinho como começou seu envolvimento com as Artes Marciais e assim ele respondeu:




" A arte marcial está na minha vida desde pequenininho, comecei no Judô com 4, 5 anos de idade, treinei Capoeira onde me formei Mestre, João Roque desde que ele veio morar aqui em Brasilia comecei a treinar com ele, sou faixa preta da Nova União desde 2.001 fui sparring de todos os camps do Dedé e do João quando eles quando eles lutavam no Japão, E.U.A , no Shooto de lá, esse é um resumo da minha trajetória nas artes marciais, e quando o Dedé assumiu o Shooto Brasil, em 2.008 ele fez uma proposta pra gente fazer uns eventos aqui na região centro oeste, Brasília e Goiânia, e eu fiz uns 15 eventos de MMA como organizador junto com o Dedé. Sou muito amigo dele, temos uma relação bem próxima assim como com o João Roque que é o meu professor de Jiujitsu, foi com ele que peguei a minha faixa preta."



Quis saber de Edinho já que tive a oportunidade de durante um ano treinar em Brasilia como ele enxerga o desenvolvimento das arts marciais numa cidade que sempre teve um time forte de lutadores de Judô, Karatê, Takwendo  e Capoeira, e com eventos de Vale Tudo. Edinho avaliou:

" É isso mesmo Olivar, como você falou, Brasilia sempre viveu arte marcial treinei Judô, Karatê, Takwendo com Shoy, treinei Boxe com João Mulatinho, sempre tivemos uma boa arte marcial, aqui, eu ia muito no Rio, tinha família no Rio, ia treinar, morei um tempo no Rio, treinei Jiujitsu e Capoeira lá, em 91 passei em concurso público aqui,  sou servidor público mas sempre fui envolvido com arte marcial , dou aula de Jiujitsu e Capoeira em comunidades carentes daqui e é isso,  evoluiu muito , a gente era como você falou, Vale Tudo, sem luvas, sem regras, como em grande parte do Brasil, mas com a chegada do MMA as coisas melhoraram muito com as regras, mais respeito, mais ética e acho que foi por ai que as coisas se profissionalizaram aqui e em todo o Brasil"



Não tive como não perguntar sobre as edições do Shooto e quis saber dele o que mais marcou ele nessas edições e quando Brasília terá a oportunidade de ter uma nova edição.

"Bem Olivar, eu fiz na verdade 13 edições, 12 em Brasilia e uma em Goiânia, mas a edição que mais me marcou foi a primeira, porquê fizemos um evento bem parecido com os eventos tradicionais do Shooto , onde os atletas se perfilavam, eu entrei com o cinturão, eu o Dedé e o João Roque, fiz uma homenagem para o João, com as lutas do João e do Dedé passando no telão, e quem fez parte do Vale Tudo e já lutou poder ver todo aquele reconhecimento no telão foi mesmo muito emocionante lembrar do que já passamos e ver 10.000 pessoas no ginásio, foi realmente muito emocionante pra mim. para o João e para o Dedé em função dessa homenagem que conseguimos fazer em 2.009"

Como sei bem a dificuldade de organizar eventos aproveitei para perguntar das principais dificuldades em realizar um show de nível como o Shooto. Edinho foi direto:




" A maior dificuldade ainda é o preconceito que algumas pessoas tem com o MMA, que ainda existe e a dificuldade maior, a de patrocínio, com tudo isso vamos tentando sobreviver e fazer com o pouco que a gente tem um evento de qualidade, quem eu tenho que agradecer aqui em Brasilia é o próprio governo Federal que sempre nos apoiou, através da empresa pública que chama TERRACAP , a VITAFORT, as academias da cidade, as equipes da cidade, a Constrictor, a Five, a Distrito da Luta, a Nova União, a todas as pessoas que ajudam direta ou indiretamente esporte, o Shooto, aos meus patrocinadores que estão sempre comigo e é isso irmão,  vamos tentar fazer uma edição no próximo semestre, com muita luta e gostaria muito que você viesse aqui nos prestigiar, a gente om muita humildade tenta fazer um evento de qualidade mas que é sucesso  que coloca mais de 5.000 pessoas no ginásio num espetáculo muito bonito que vale a pena você vir aqui, participar, o Osiris conhece e a gente tenta fazer de uma forma profissional e com muita qualidade, Olivar um grande abraço e gostaria de convidar a todos para acessarem o Blog do Olivar que sempre trás muita notícia boa e de qualidade."











                                                               Olivar Leite.

6 comentários:

  1. Grande guerreiro!parabéns pela bela história!

    ResponderExcluir
  2. Grande guerreiro!parabéns pela bela história!

    ResponderExcluir
  3. Mestre de humildade e várias outras qualidades .Tenho bastante respeito e gratidão Pelo Mestre Edinho !Oss!!

    ResponderExcluir
  4. Grande trabalho mestre. Você é uma inspiração para muitas pessoas, inclusive eu. Obrigado por ser genuíno

    ResponderExcluir
  5. Obrigado !! Meus amigos pelo respeito e consideração !! TMJ! ������������OSS !!!

    ResponderExcluir
  6. Meus parabéns, linda história, precisamos de mais edinho no mundo para fazer maravilhas no esporte, adorei sua fã.

    ResponderExcluir