quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

MARLON MORAES: CAMPEÃO DO BEM !
















Marlon Moraes realiza ação beneficente em Nova Friburgo

Lutador retorna a sua cidade natal para ministrar seminário social para jovens da região; evento acontece neste sábado, dia 21
Um verdadeiro campeão é aquele atleta que é exemplo para todos em sua atividade profissional e fora dela. Assim é Marlon Moraes, lutador de MMA imbatível há cinco anos. Colecionando vitórias em suas últimas 13 lutas, o friburguense realiza uma ação beneficente neste sábado, dia 21 de janeiro, às 10h (horário de Brasília), em sua cidade natal. A Estação Livre, antiga Rodoviária de Integração, no centro de Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro, será o palco do evento que terá como entrada a troca por 1 kg de alimento não perecível. O total arrecadado será doado para instituições de caridade do município.

Atrações com o lutador de 28 anos não vão faltar durante o evento. Os participantes poderão aproveitar um seminário de muay thai e MMA ministrado por Marlon, além de uma palestra motivacional e sessão de autógrafos e fotos com o campeão peso-galo (até 61,2 kg) do World Series Of Fighting (WSOF).

"Eu estava morrendo de saudade da minha cidade, dos meus amigos e da minha família. Havia um tempo que não vinha para cá, e agora estou aproveitando cada segundo ao lado de todos. Minha vontade é de abraçar cada morador de Nova Friburgo, porque todos sempre me apoiaram bastante na carreira. Então, por isso, pensei em realizar o evento. É uma espécie de agradecimento a eles. Quero ver todo mundo lá no sábado", avisa Marlon, que há duas semanas goza de férias na cidade.

Marlon Moraes iniciou sua trajetória nas artes marciais aos nove anos de idade treinando muay thai, hoje seu ponto forte no jogo de MMA. Os primeiros movimentos aconteceram em Nova Friburgo, mas foi longe da cidade de pouco mais de 180 mil habitantes que ele brilhou para o mundo. Quando assinou contrato com o WSOF, em 2012, nem o próprio lutador acreditava que sua caminhada na organização seria tão boa. Foram 11 lutas e 11 vitórias, o cinturão peso-galo e o posto de homem a ser batido na divisão.



"Tenho mais de quatro anos como lutador do WSOF e aprendi muita coisa nesse período. A principal delas foi ter confiança no que você faz com o coração. Eu amo lutar, foi o que escolhi para ser minha profissão. Eu não imaginava que chegaria no evento e enfileiraria 11 oponentes, mas me superei dia após dia nos treinos. Descobri que eu tinha uma força interna que nem eu imaginava, e é isso que quero passar para os fãs. Ter disciplina, dedicação e responsabilidade. Mesmo que o jovem não se torne atleta profissional, certamente ele irá se tornar uma pessoa melhor, de bem", acredita.

Esse será o primeiro evento com a presença de Marlon em 2017, o primeiro após derrotar o também brasileiro Naldo Silva no dia 31 de dezembro do ano passado pelo WSOF 34, em Nova York. Sem contrato em vigência com nenhuma organização de MMA, o brasileiro espera definir seu futuro profissional até o final deste mês.

"Sei que os fãs estão ansiosos para saber por qual evento eu vou lutar, mas podem acreditar: eu estou ainda mais ansioso que vocês (risos). Quero definir isso o mais rápido possível, e está tudo nas mãos do meu manager. Seja no UFC ou em qualquer outro lugar, vou entrar em ação para fazer o que sempre quis, buscar sempre a vitória e proporcionar um belo espetáculo para o público. Tenho recebido boas propostas, mas ainda estou analisando qual será a melhor opção. Em breve, acredito que até o final de janeiro, teremos uma definição", planeja.

Aviso à Imprensa

Marlon Moraes concederá entrevista à imprensa presente na cobertura do evento. Para confirmação de credenciamento, os profissionais deverão confirmar presença através do endereço de e-mail luca@marketingesporteclube.com ou do telefone (21) 97940-7763. Luca Gomes está à disposição no atendimento.


Sobre Marlon Moraes


Natural de Nova Friburgo, Região Serrana do Rio de Janeiro, Marlon Moraes iniciou sua trajetória nas artes marciais aos nove anos, em treinos de muay thai influenciado por amigos. Em 10 anos na modalidade, foram 32 lutas profissionais, sendo 31 vitórias e apenas uma derrota. Campeão brasileiro de muay thai, Marlon estreou nas artes marciais mistas em abril de 2007, com vitória. São 23 lutas como profissional de MMA, sendo 18 vitórias, quatro derrotas e um empate. Em março de 2014, conquistou sua maior glória na carreira ao se tornar campeão peso-galo (até 61,2 kg) do World Series of Fighting (WSOF), título defendido cinco vezes com sucesso.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

GLADIATOR COMBAT FIGHT DE VOLTA !!!
















O Gladiator Combat Fight está de volta. 


Um dos maiores reveladores de novos talentos de Curitiba retorna com a edição de número 26 de casa nova. No sábado, dia 11 de fevereiro, abre-se uma nova era para a organização presidida pelo empresário Josafá Liberal, que vai inaugurar o novo espaço de eventos da capital paranaense. A Arena Piacom, que tem 1.200 m² de área interna, terá também estacionamento para 300 carros e fica localizada na divisa da capital com a cidade de Colombo, na Estrada da Ribeira, próximo ao Trevo do Atuba.

No card, a mesma fórmula que vem consagrando o evento curitibano, lutas amadoras e profissionais de Muay Thai e MMA. No combate profissional, Thiago Frasson, da Gile Ribeiro, enfrenta Mário Sousa, da Cães do Ringue.

COQUETEL DE IMPRENSA:

No dia 9 de fevereiro, a nova arena abre suas portas oficialmente para inauguração para a imprensa com um coquetel, onde será apresentada o novo espaço de lutas de Curitiba.

PESAGEM:

A Pesagem também vai acontecer no novo local, no dia 10 de fevereiro em horário ainda a ser definido.

Veja como está ficando o card, ainda em formação:

GLADIATOR COMBAT FIGHT 26
Sábado, 11 de Fevereiro de 2017
Piacom Arena - Estrada da Ribeira, 1073 (próximo ao Trevo do Atuba)

MMA PROFISSIONAL

84 Kg: Thiago Frasson (Gile Ribeiro) vs. Mario Sousa (Cães do Ringue)
70 Kg: Rodrigo Gomes (Gile Ribeiro) vs.  A definir

MMA AMADOR

61 Kg: Talita Santos (Combate Absoluto) vs.  Luana Segalla (Gile Ribeiro)
66 Kg: Inglesson de Lara (Free Spirit) vs. Lucas Szawarsks (Curitiba Top Team)
77 Kg: Ricardo "Capitão América" Guimarães (Chute Boxe) vs. Rafael Segalla (Gile Ribeiro)
66 Kg: Felipe Freitas (Gile Ribeiro) vs. Jonathan Santos (Strikers House)
57 Kg: Bryan Willians (Gile Ribeiro)  vs. Felipe Orfeu (Mangueboy)
57 Kg: Pedro Gabriel (Noguchi) vs. Luan Goku (Covs Team)
57 Kg: Rangel do Carmo (Gile Ribeiro) vs. Cristopher Camargo (Marcelo Luz Arena)
61 Kg: Tamyray Lacerda (Gile Ribeiro vs. A definir 

MUAY THAI AMADOR

47 Kg: Edna Machado "Vida Loka" (Chute Boxe) vs. Mariana Campos (Covs Team)
55 Kg: Felipe Santiago (Hemmers Gym) vs. A definir
57 Kg: Nelson Guimarães (Chute Boxe) vs. Leonardo Coelho (Hemmers Gym)
59/61 Kg: Lucas Henrique (Curitiba Top Team) vs. Ivan Daniel (Hemmers Gym)
64 Kg: Allan Garcia (Combate Absoluto)  vs.  Paulo Santos (Hemmers Gym)
80 Kg: Willian Peterson (Curitiba Top Team) vs. Thiago Venâncio (Covs Team)
61 Kg: Lucas Ramos (Covs Team) vs. Leonardo Rodrigues (Noguchi)
66 Kg: "Cabecinha" (Combate Absoluto)  vs. A definir
70 Kg: Everson "Tigrão" (Combate Absoluto) vs. Everton Quibim (Covs Team)

94 Kg: Rhenan – Rhenanzinho (Noguchi) vs. Adilson Ducha (King Shark)

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

TANQUINHO: APOSTANDO NO JIUJITSU !!!!

















Tanquinho aposta no jiu-jitsu para vencer no UFC


Brasileiro busca seu primeiro triunfo na organização diante de Frankie Saenz neste domingo, dia 15, em Phoenix
Desde o dia 22 de fevereiro de 2016, dia seguinte ao da estreia no octógono, Augusto "Tanquinho" Mendes desejava pelo dia em que entraria em ação novamente. Pouco menos de um ano se passou, e ele finalmente terá seu desejo realizado. Neste domingo, dia 15 de janeiro, o carioca mede forças com Frankie Saenz no card preliminar do UFC Fight Night 103, em Phoenix, no Arizona (EUA), em busca da primeira vitória na organização. Para isso, ele aposta em seu eficiente jiu-jitsu. O canal Combate transmite todas as lutas do card do evento, ao vivo, a partir de 21h (horário de Brasília).

O motivo para os longos meses de ausência de Tanquinho das competições foi uma lesão no joelho esquerdo, e a recuperação passou por cirurgia no ligamento cruzado e intenso trabalho de fisioterapia. Há dois meses treinando forte para recuperar o ritmo de luta e o tempo perdido, o faixa-preta de jiu-jitsu encara o duelo contra Saenz como sua "verdadeira estreia" pelo UFC.

"Para minha primeira luta no Ultimate, entrei em cima da hora para substituir o John Lineker, que havia se lesionado. Tive uma semana para baixar o peso e desenvolver uma estratégia para encarar um cara perigoso, que hoje é o dono do cinturão da categoria (Cody Garbrandt). Por isso, acredito que a luta de domingo será minha verdadeira estreia, e tenho no meu jiu-jitsu a principal arma para ter o braço erguido", analisa o lutador peso-galo (até 61,2 kg).

Com o tempo ideal de preparação para uma luta, Tanquinho teve momentos de sobra para analisar o jogo de seu adversário. Com seis lutas profissionais de MMA, sendo cinco vitórias e apenas uma derrota, o brasileiro tem pela frente um experiente lutador, de 36 anos, três anos a mais que ele. Saenz amargou duas derrotas em suas últimas aparições na organização, o que deixa o triunfo ainda mais importante para ambos.

"O Frankie Saenz é um cara perigoso, duro, que será um grande teste para mim. Já enfrentou nomes como Urijah Faber, Eddie Wineland, Iuri Marajó, então é bem experimentado na carreira. Será uma luta muito interessante", acredita. "Teremos um conflito de estilos dentro do octógono. Ele é um wrestler, mas que gosta da trocação. Acredito que ele não irá para o chão comigo, mas é o que eu quero fazer nessa luta. Vai ser um bom espetáculo para os fãs", conclui.

Tanquinho aproveitou o longo período ausente das competições para aprimorar alguns pontos em seu jogo, como a trocação, garantindo assim uma evolução desde sua última luta. Ele também aproveitou para realizar um antigo sonho: ter sua própria academia de jiu-jitsu, a AGT Academy, em Phoenix.

"Me dediquei integralmente à academia enquanto estava lesionado. Foquei na infraestrutura, nas aulas de jiu-jitsu, todos os detalhes que isso requer. Foi ótimo. Quando tive a luta confirmada, parei de dar aulas e passei a me dedicar ao camp. Gui melhorando a cada dia de treino, evoluindo, ficando mais forte e rápido. Estou muito confiante", avisa.





Sobre Augusto Tanquinho


Augusto "Tanquinho" Mendes é natural do Rio de Janeiro e iniciou sua caminhada nas artes marciais aos 13 anos, no jiu-jitsu, incentivado por seu irmão mais velho, Bruno "Tanque" Mendes, encerrando assim a vontade de ser jogador de futebol que carregava na infância. Ao lado do irmão, fundou a Soul Fighters, equipe de jiu-jitsu, na capital fluminense. Foi graduado como faixa-preta na modalidade em dezembro de 2004, com então 21 anos de idade, por Francisco Mansor. Sagrou-se campeão mundial na arte suave em 2013, e desde então passou a se dedicar ao MMA profissional, defendendo a equipe MMA Lab. Atualmente com 33 anos, Tanquinho é dono de um cartel de seis lutas profissionais, sendo cinco vitórias e apenas uma derrota. Desde fevereiro de 2016, pertence ao plantel de atletas do UFC.

ACB, ASSOCIAÇÃO CARIOCA DE BOXE; MAIS FORTE EM 2.017 !!!


















  A ACB , 

Associação Carioca de Boxe,
foi fundada no dia 4 de Dezembro de 21015 com o CNPJ- 24.885.258/0001-80.




 No ano de 216 a ACB realizou oito eventos de boxe , contendo lutas amadoras e profissionais, desde o ano do 2007 o Rio de Janeiro não tinha lutas profissionais . Logo no inicio de 20016 a ACB se filiou a CBBP com ajuda do dirigente Mike Miranda e assim começou a realizar lutas profissionais legais que automaticamente subiram para o Boxe
 A Associação Carioca de boxe dentro de oito eventos realizados no ano de 2016 homenageou grandes nomes do boxe como , Dionizio Lazário, Raff Giglio, Flavio Almendra, Giovanni Diniz, Ruben Dias , Claudio Coelho, Carlos Eduardo Balduino, Daniel Fucs, Mendonça, Eudes Balbino , Gibi , os pugilistas Olímpicos , Patrick Lourenço e Michel Borges e muitos outros que estavam esquecidos. Nos oito eventos realizados tivemos o apoio e a cobertura de vários veículos de comunicação como , rádio FM o dia, rádio Globo, revista Tatame, rádio Bradesco esportes, Jornal Fluminense , A Folha de Niterói, o Blog da Sport tv e no último evento do ano de 2016 no dia 26 de Novembro realizado na praia de Copacabana tivemos a cobertura do canal de televisão SBT.

 Em 20017 a ACB vai realizar sete eventos também com lutas amadoras e profissionais.

 A ACB vai tentar nesse ano mudar a imagem que o boxe só realizado em lugares  carentes e comunidades, realizando eventos dentro de universidades e na zona Sul do Rio de Janeiro. A ACB Também está tentando viabilizar um evento esse ano dentro de um hotel novo na zona sul do Rio de Janeiro.
A ACB vai criar esse ano um ranking amador no qual todos os campeões de cada categoria receberão um cinturão no último torneio do ano que será no dia 02 de Dezembro na praia de Copacabana.

 No dia 21 de Janeiro a ACB levará o atleta Tainan Mateus Pinheiro para a sua estreia no boxe profissional em um grande evento organizado elo empresário  Sergio Batareli no hotel Golden Park Sorocaba no interior de São Paulo.

O próximo evento da ACB será no dia 18 de Fevereiro na academia Vittoria Pechincha que se localiza na rua Henrique Costa 841- Jacarepaguá.








                                                                    Olivar Leite.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Thiago " Negão " Nascimento faz um balanço da HARD.





Thiago Nascimento " Negão"





















querido, talentoso e carismático atleta e treinador de Belém do Pará faz uma avaliação e nos conta como foia sua equipe no ano de 2.016 e o que vem por ai.

Acompanhe abaixo:





Primeiramente muito obrigado pela oportunidade ,pois, infelizmente muitos esquecem que tem atletas e equipes aqui no Norte do Brasil.

A Equipe Hard Fight possui um portfólio de 20 lutadores de Belém-Pa, Laranjal do Jari- Ap e Suriname. No ano de 2016 eu posso falar que foi um ano bom, pois conseguimos colocar um atleta no UFC (Henrique Frankenstein), chegamos a final do GP do Akhamat e também fomos campeões do mundo no evento Pankration, com o Gerônimo dos Santos(Mondragon).



Tive algumas vitórias importantes como, por exemplo, do atleta Rafael (Mão de Pedra) sobre o Zozimar de Oliveira (Junior Suicida),pois o Rafael na sua segunda luta de mma, nocauteou o Suicida que tem um cartel no sherdog de 29 vitórias e 14 derrotas.

O pupilo do Lyoto Machida, Bruno Souza, teve uma derrota em sua estréia, mas em sua segunda luta conseguiu uma vitória. Ele tem um futuro promissor.

O atleta Denilson obteve um derrota e duas vitórias. E o atleta Fhábio Henry teve duas vitórias.

O atleta Rodrigo Ervani Melônio, de Laranjal do Jari, teve cinco vitórias esse ano. E o seu conterrâneo Jordenilson "Curió Guerreiro" igualmente teve duas vitórias.

O lutador Thiago Hayne teve uma vitória e uma derrota e o Brendson Ribeiro "Touro" teve duas vitórias e duas derrotas.

O atleta Joel Aranha obteve uma vitória e uma derrota.

O atleta William Africano igualmente obteve uma vitória e uma derrota.

O Otávio Javali teve uma vitória e uma derrota este ano.

João Carlos Souza Marudazinho conquistou três vitórias. E o seu irmão, também integrante da equipe, João Paulo Marudá conseguiu uma vitória.




Tenho outros atletas que vem obtendo bons resultados em eventos do interior do estado, mas infelizmente nem todos os eventos são lançados no sherdog, o que dificulta a divulgação dos trabalhos dos atletas.

De modo geral, embora tenhamos amargado algumas derrotas, vimos o ano de 2016 bem favorável a nossa equipe, uma vez que enviamos frequentemente atletas para lutar no exterior, o que, infelizmente, não ocorre com outras equipes, mas que, na medida do possível, tento minimizar essa diferença mandando atletas de outras equipes do estado para lutas no exterior.


Vale ressaltar ainda que agora no início de 2017, lutarão no evento Legends em Melbourne, Austrália, os atletas Zezão Trator, João Carlos Marudazinho e  Amanda Lemos (Equipe Marajó Brothers), o que considero um prenúncio de grandes conquistas nesse novo ano.

Finalizou a fera do Karatê do Pará.





                                                              Olivar Leite.